National

Caracterização de Ligações Coladas e Comportamento de Elementos Estruturais Compósitos de Madeira Baseados em Colagem

Coordinator: João Henrique Jorge de Oliveira Negrão

O uso de colas estruturais, isoladamente ou em conjugação com ligadores metálicos ou materiais compósitos reforçados com fibras, tem vindo a suscitar a atenção dos investigadores como uma possível alternativa às ligações exclusivamente baseadas no uso de ligadores metálicos, tanto para reparações em obra como para produção em fábrica. As ligações coladas afiguram-se muito promissoras, dadas a versatilidade, eficiência mecânica e reduções de custos em materiais e mão-de-obra que proporcionam, comparativamente às soluções mais tradicionais. Além disso, a sua execução permite minimizar perturbações (ruídos e vibrações) no local da obra, em intervenções de reabilitação.

As emendas coladas armadas são particularmente adequadas para a substituição de entregas apodrecidas de vigas de madeira ou de elementos de insuficiente resistência ou rigidez, ou ainda na reparação de vigas fendidas devido ao envelhecimento ou a causas de natureza mecânica ou biológica.

A colagem em obra também apresenta algum potencial na construção de estruturas mistas. O comportamento compósito é geralmente conseguido por via de ligadores metálicos ou por entalhe da madeira, soluções que se adaptam bem a betonagem in situ, mas a colagem contínua entre os dois materiais pode constituir uma boa alternativa a estas soluções.

O conceito pode ainda estender-se à colagem de madeira a betão pré-fabricado. Este processo abre a possibilidade de produção total ou parcial dos elementos mistos em fábrica, melhorando o controle de produção e reduzindo ou eliminando a necessidade de cofragem e escoramento em obra.

Outra promissora possibilidade baseada no uso de colas estruturais é a da madeira pré-esforçada com fibras de vidro ou de carbono (G/CFRP) ou com aço de pré-esforço comum. A força de pré-esforço permite reduções significativas de tensões extremas na madeira, o que permite uma economia de material significativa. Além disso, esta força pode ser utilizada na introdução de uma contraflecha destinada a reduzir a deformação do pavimento em serviço, a qual é frequentemente condicionante.

Este projecto pretende avaliar o desempenho, a curto e a longo prazo, das ligações coladas envolvidas nos sistemas de reforço referidos e, por via destas, a exequibilidade dos mesmos. A previsão e a optimização desse desempenho e da sua durabilidade terão por base a compreensão dos fenómenos envolvidos na aderência entre as colas estruturais e os diversos materiais, sobretudo a madeira.

Project Details

Status

Concluded

Start date

Junho 2005

Duration

36 months

Funding

Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)