National

EcoVitis - Maximizing Eco-services into Douro Demarcated Region vineyards

UTAD/CITAB Coordinator: Laura Monteiro Torres

Maximização dos serviços do ecossistema vinha na Região Demarcada do Douro (EcoVitis)

Resumo:Apesar de grande parte das regiões vitícolas do Globo se situar em latitudes Mediterrâneas onde, originalmente, eram elevados os níveis de biodiversidade, as vinhas modernas são tipicamente monoculturas extremas, formatadas no sentido da maximização da produção e do lucro. Embora estas vinhas em geral satisfaçam admiravelmente esse objectivo, tais ganhos têm sido alcançados a custos crescentes, na forma da perda de biodiversidade. A preservação da biodiversidade é hoje reconhecida como fundamental na manutenção da sustentabilidade produtiva dos sistemas agrícolas, ao facultar serviços do ecossistema de grande importância, como a conservação do solo, a protecção contra pragas, doenças e infestantes, a regulação dos ciclos hidrológicos, a conservação de espécies e a melhoria da estética da paisagem, na sua relação com o ecoturismo. A promoção destes serviços garante maior sustentabilidade económica às explorações, ao permitir reduzir a utilização de inputs externos, como pesticidas e fertilizantes, e contribuir para a materialização do estatuto de qualidade e excelência em preços e mercados mais atractivos. Ao contrário do que sucede noutras regiões, o Alto Douro Vinhateiro apresenta grande potencial do ponto de vista da biodiversidade, pelo carácter particular da sua paisagem, onde se incluem manchas importantes de habitats naturais. Desde Janeiro de 2011, está em curso o projecto Maximização dos serviços do Ecossistema Vinha na Região Demarcada do Douro, com o objectivo de incrementar os serviços facultados pela sua excepcional paisagem, como oportunidade de futuro na produção do mundialmente famoso vinho do Porto, a par da criação de actividades no âmbito do turismo cultural e de lazer. O projecto é financiado pelo PRODER, medida 4.1 Cooperação para a Inovação e envolve quatro parceiros: Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A., promotor do projecto, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense e Sogevinus Quintas S.A.

Maximizing ecosystem services in “Douro Demarcated Region” vineyards (EcoVitis)

Abstract:Most of the vineyards in the world occupy Mediterranean latitudes which originally held high levels of biodiversity. Nevertheless, today they are typically extreme monocultures that have been shaped by production systems aimed at maximizing yield and profitability. Though these landscapes generally fulfill this goal admirably, these gains have been achieved at growing costs, in the form of the loss of biodiversity. Preserving biodiversity in agricultural systems is important as it may improve sustainability, by enhancing ecosystem services such as erosion control, weed suppression, waste water filtration, natural pest control, conservation of species, or ecotourism which have both human and cultural value. Such enhancements can lead to cost savings due to a reduced dependence on external farm inputs such as fertilizers and pesticides arguably improving farm sustainability. Unlike other wine growing areas, the Alto Douro Wine Region landscape offer a strong potential from the standpoint of biodiversity, due to the occurrence of a significant area of non-crop habitats (e.g. woodland remnants, grassy slopes, or terraces with natural vegetation and dry stone walls), whose importance for the conservation of a wide range of biota in agricultural landscapes is known. Since January 2011, a project is in progress in the Alto Douro, whose overall aim is to adapt these potential ecological infrastructures, to create more tailored ones for the promotion of ecosystem services they provide. The project is funded by PRODER, medida 4.1 Cooperação para a Inovação, Maximizing ecosystem services in “Douro Demarcated Region” vineyards, and gathers four partners: Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, S.A., project promoter, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense and Sogevinus Quintas S.A..

Project Details

Status

Concluded

Start date

Janeiro 2011

Duration

40 months

Funding

PRODER

Responsible institution

Real Companhia Velha